Vencer é bom para tudo

Se vencer o Ceará no estádio Presidente Vargas, o Figueirense chega aos 40 pontos e se iguala ao Coritiba ? que venceu o Grêmio no sábado ?, ao Inter e ao Palmeiras, que também entram em campo neste domingo.

Com a vitória, o Alvinegro catarinense pode ainda se beneficiar dos confrontos diretos que acontecem na rodada para chegar mais perto do bolo principal. O Palmeiras pega o Santos na Vila Belmiro; o Inter recebe o Vasco; tem Fla-Flu no Engenhão; o Atlético Goianiense vai ao Pacaembu encarar o Corinthians.

Ou seja, numa conjunção favorável, o Figueirense pode terminar a rodada em 9º lugar, empatado em pontos com Coritiba e Internacional e a quatro pontos da zona da Libertadores.

Aos que limitam o horizonte ao rebaixamento, a vitória é igualmente importante. Com ela, o Figueira abre nove pontos (40 a 31) sobre seu adversário de domingo, que atualmente é o 15º colocado.

Mais três pontos também servem para manter o melhor da zona de rebaixamento a 10 pontos de vantagem, se o Atlético-PR ganhar do Avaí na Ressacada e chegar a 30 pontos ou faz a diferença aumentar para 13, se o rubronegro perder para o time do mangue e empacar nos 27 pontos ao lado de seu xará mineiro.

Não entendo muito bem esse ?etapismo? com o qual se tenta dividir a campanha do Figueirense. Primeiro isso, depois aquilo e se der mais uma terceira meta, mas se parar no ?isso? já tá muito bom, o que acaba transformando o ?isso? no único objetivo.

Se, num exemplo extremo, o Figueira ganhasse os 15 primeiros jogos do campeonato e chegasse aos famigerados 45 pontos para se salvar, abrindo 10 pontos de vantagem para o 2º colocado, ia começar a pensar no título ou deitar em berço esplêndido e brincar no resto do campeonato por que o objetivo foi alcançado?

Então, a moral da história é que ganhar é sempre bom. Pra tudo. Sempre. Em qualquer lugar. ?Bora pra cima do Vovô para trazer mais três pontos fora de casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *