Time definido, festa preparada

O time titular do Figueirense para domingo já é conhecido. Voltam Bruno e Ygor e todos os jogadores mais escalados por Jorginho estão à disposição e começam a partida: Wilson; Bruno, Roger Carvalho, Edson Silva e Juninho; Ygor, Túlio, Maicon e Elias; Wellington Nem e Júlio César.

A essa altura do campeonato, com a possibilidade concreta de chegar à Taça Libertadores nem vou expor minhas discordâncias, já exaustivamente comentadas aqui com relação ao time titular para os jogos no Scarpelli.

Vou apoiar e torcer para tudo dar certo desde começo, que a vitória venha e que, se possível, seja com menos sustos do que na partida contra o América Mineiro.

O Bahia ganhou 14 pontos em 15 jogos como visitante. Foram três vitórias, cinco empates e sete derrotas. Joel Santana é mestre nas artes de armar o pega-ratão, então é bom ter um antídoto bem preparado.

Vi bons jogos do Bahia com visitante, principalmente nas vitórias contra Flamengo e Fluminense no Engenhão. Para bobo o time não serve, mas o Figueira tem plenas condições de vencer.

Recepção aos jogadores

A Cofes e a Gaviões preparam a recepçãoaos jogadores na chegada da delegação ao estádio Orlando Scarpelli, antes do jogo contra o Bahia, a partir das 14 horas.

O pessoal vai aguardar na entrada do vestiário do Figueira, na avenida Santa Catarina, em frente à garagem da Emflotur. Quem estiver por ali jogando conversa fora e tomando uma, é só chegar e dar aquele apoio aos jogadores.

Sul-Americana

Só sobrou o Vasco na Copa Sul-Americana. Botafogo, Flamengo e São Paulo deram adeus à competição nesta semana. Com isso, o campeonato brasileiro vai mesmo dar quatro vagas para a Taça Libertadores e com o time cruzmaltino brigando pelo título, quem chegar em quinto lugar, garante a classificação.

Quer dizer, imagino que deva ser isso. Não sei o que a Conmebol vai fazer se o Vasco ganhar a Sul-Americana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *